sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Ténéré 660 - XV

Cá por estas bandas a manhã esteve chuvosa, mas depois de almoço apareceu um solzinho e apeteceu-me ir dar uma voltinha para afinações só aqui no “Quintal”.

Herdade dos Machados, Lameirões, Serra da Adiça e casa.

Ainda tirei umas fotos com o télélé.





FELIZ 2011 A TODOS!

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Africa Eco Race 2011 - Elisabete Jacinto passa para o comando

Elisabete Jacinto alcançou hoje uma boa vitória na segunda etapa do Africa Eco Race 2011, ao completar os 318,21 km de Sector Selectivo em 4h41m28s, um tempo apenas superado por cinco dos concorrentes auto.

Aos comandos do MAN TGS do Team Oleoban/MAN Portugal a piloto portuguesa gastou menos 12m14s que o húngaro Kovaks, vencedor da etapa de abertura deste rali, o que lhe permitiu passar para o comando da prova, com uma vantagem de 5m05s.

Na classificação geral conjunta carros e camiões, Elisabete Jacinto tem agora apenas quatro carros à sua frente e atrás de si estão pilotos como Jean Louis Schlesser, o vencedor das duas primeiras edições da prova, bem como Hubert Auriol.

"Esta é uma especial que já conheço bem e que é extremamente complicada, por ser muito exigente do ponto de vista de condução, pelo enorme trabalho que dá e ainda por ser muito traiçoeira em termos de navegação. Felizmente que hoje já me senti melhor. Estou a ser medicada pela organização e apenas me sinto um pouco rouca", salienta Elisabete Jacinto que hoje bateu o seu rival Kovacs. "Parti 12 minutos depois dele mas cedo começámos a tê-lo no nosso horizonte. Aproximei-me e andei cerca de 100 quilómetros atrás dele sem me conseguir aproximar porque o ritmo era muito idêntico. Na parte final ele deve ter quebrado fisicamente e eu consegui passar, mas ele terminou logo atrás de nós" destaca a piloto portuguesa.

Amanhã, a 3ª etapa que liga Mdouara a Wad Tissint tem uma extensão de 416,14 km de setor seletivo, mas é muito diferente das anteriores, já que é muito mais rolante. Há menos notas de navegação, mas é necessário ter muito cuidado com as lombas. Ao Km 40 a pista é magnífica, rápida e fora de estrada. Há uma transposição que é visível a longa distância. Após o primeiro CP, há um grande 'chott' (lago salgado seco) e o percurso fica plano durante esses 45 km. Os navegadores terão de controlar os azimutes para não se afastarem do bom caminho. A próxima passagem será um vulcão. Primeiro é preciso subir e atravessar, antes de descer. As primeiras dunetes farão a sua aparição antes de entrar no oued Drâa. Segue-se o famoso Erg Chegaga e depois o lago Iriqui. Um regalo para os olhos!

Schlesser atrasou-se

nos autos, o comandos pertence agora a Jerome Pelichet (Bowler) com apenas nove segundos de avanço para Francois Lethier (Buggy), enquanto no terceiro posto está classificado Regis Delahaye (Buggy), já a 2m04s. Bruno Oliveira, como referido é décimo, um pouco atrás de Jean Louis Schlesser que perdeu hoje muito tempo. Nesta competição são muito poucos os nomes conhecidos, interessa sobretudo devido à participação portuguesa.

Fonte: autosport.aeiou.pt

Bultaco no Argentina-Chile 2011

Estes são os verdadeiros heróis do”Dakar”.




Enfrentar uma maratona destas com uma Bultaco Frontera 370, de 1978, com motor a 2 tempos, é de louvar. Ignacio Chivite é o homem a aplaudir pelo espírito de aventura que emprega na sua participação. Vá lá todos a puxar pelo homem e a torcer para que chegue ao fim desta sua aventura.

Mais informação aqui:

http://bultaco-dakar2011.blogspot.com/

domingo, 26 de dezembro de 2010

Ténéré 660 - XIV

Pessoal, olhem o que o Pai Natal me deixou cá em casa!

Como este trambolho não cabia na chaminé deixou-o mesmo lá no quintal.

Ehehe! Brincadeirinha.

Como esta semana vou ter umas férias, vai ser o primeiro teste de estrada (de campo neste caso!) da Té 660.

Algum dos Big Trailista cá de Moura está de férias e quer acompanhar os testes (3ªF, provavelmente)?







sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

WR & KLX

Pessoal, nesta época Natalícia, quem quiser oferecer a si próprio uma boa prendinha tem aqui estes dois brinquedos:

Yamaha WR450

Ano: 2006

Preço: 4250€

http://atalaia-setubal.olx.pt/vendo-yamaha-wr450-iid-139898933





Kawasaki KLX450

Ano: 2008

Preço: 6250€

http://atalaia-setubal.olx.pt/vendo-klx-kxr-450-iid-139899148




As motos estão no Montijo e o contacto é o dos links.

sábado, 18 de dezembro de 2010

Pffuuuuu…. qué isto!?!


Uuuiiii, é a nova motinha do Maverick Viñales. Lixou o campeonato por 2 pontos ao “nosso” Miguel Oliveira, mas agora é a nossa vingança. Vai ter que correr com esta moto amaricada, toda em côr-de-rosinha e com muitos brilhantes.

Bonito, bonito era que o obrigassem a correr com um maiot rosa e com lantejoulas…

Ehehehe!!!!


terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Ecos do Fim-de-Semana: fios, terminais, luzes, relés, fusíveis, reguladores, qobix, sensores…










quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

X-Raid estreia Mini All4 no Dakar 2011


A equipa Monster Energy X-Raid irá estrear no Dakar 2011 um novo projeto baseado no Mini Countryman, e que terá ao volante Guerlain Chicherit.


A ideia deste projeto surgiu durante o verão e, segundo Sven Quandt, diretor da equipa, foi completado em apenas 90 dias. Denominado Mini All4 Racing, a construção deste novo carro começou em novembro e os primeiros testes serão levados a cabo já na semana que vem, em França. Após o que será transportado para Buenos Aires para receber os últimos ajustes antes de alinhar na mítica maratona do todo-o-terreno.


Debaixo do capot irá estar o mesmo motor do BMW X3 CC , carro que garantiu à equipa três títulos consecutivos do Campeonato FIA de Bajas. São 315cv e 710Nm numa carroçaria mais leve e com um centro de gravidade mais baixo, o que, segundo Quandt, será o garante de bons resultados.


"Apesar de ter sido concebido em muito pouco tempo, estamos confiantes na competitividade do Mini All4 Racing", começou por dizer. "Comparado com o X3CC o Mini tem melhores capacidades dinâmicas, é mais curto e mais baixo."


A X-Raid irá participar no Dakar com um número recorde de sete carros, uma prova que terá início no dia um de Janeiro em Buenos Aires, na Argentina.


Fonte: autosport.aeiou.pt

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Ténéré 660 - XII

Durante a semana o tempo é quase nulo para grandes avanços na Té, mas sempre há umas novidades!



segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Ténéré 660 - XI

O fim-de-semana foi dedicado a mais uns avanços na Té. Abdiquei de ir dar uma voltinha à serra de Aracena para me dedicar à mecânica. È que o Dakar está aí à porta! Ehehehe!



Curva de escape. Trabalhão do CA…Caneco! Corta e solda e volta a soldar. Ainda por cima com diâmetros diferentes na saída e entrada. Mas até nem ficou mal.


Finalmente também chegaram as molas, 2 meses depois e 2 reclamações depois no Ebay e Paypal. Enfim, está resolvido.

Pelas fotos é fácil perceber a diferença entre as molas de origem e umas progressivas. A juntar a isto ainda aumentei a viscosidade de Sae10 para Sae15. Vamos ver se é suficiente, ainda dá para mudar para Sae20.






Também chegaram os faróis e dei início à construção da “aranha” para apoio da instrumentação, faróis e carenagem. Optei por utilizar inox nas chapas e alumínio nos tubos e até ao momento parece-me uma boa opção.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Estoril 500 - Angotruck

Enquanto espero que os pilotos façam o “report” em género de balanço, deixo aqui umas fotos do ambiente vivido na última prova do nacional de velocidade 2010.

Mais do que a experiência que ganharam como equipa, fica a memória de um dia bem passado no Estoril, de rodarem sem quedas nem grandes percalços, da melhoria e experiência de pilotagem e de um balanço final ainda assim muito positivo.

Parabéns!