segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Feliz Natal!

HOW BAD HAVE YOU BEEN THIS YEAR?

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Africa Race Anulada?


Por decisão judicial o Africa Race não poderá partir. Aqui fica a informação original:

“Par jugement du Tribunal de Grande Instance de Nanterre du 5 décembre 2008, l’édition 2008/2009 du rallye raid Africa Race organisée à l’initiative de Monsieur Hubert Auriol et des sociétés Régie Promotion-Mecanics Relations Publiques Marketing « XRPM » et « Pom Events » Production-Organisation-Management a été interdite en ce qu’elle était contraire aux droits des sociétés Amaury Sport Organisation et Paris-Dakar (ex TSO-Thierry Sabine Organisation) sur le rallye raid Dakar. Le rallye raid Africa Race, édition 2008/2009, fixé du 26 décembre 2008 au 11 janvier 2009, est donc annulé.”

Ou seja:

"Por decisão do Tribunal de Grande Instância de Nanterre, de 5 de Dezembro de 2008, a edição 2008/2009 do rali raid África Race (Iniciativa Hubert Auriol - sociedade 'Promoção e Marketing Relações Públicas e Mecânica - RPM - ' e 'Eventos Pom - Produção-Organização de Gestão') foi proibida por ser contrária aos direitos da Amaury Sport Organization e Paris-Dakar (ex-TSO Thierry Sabine Organization) sobre o Dakar rali raid. O rali raid África Race, edição 2008/2009, de 26 de dezembro de 2008 a 11 de Janeiro de 2009, está assim cancelado. "

Mas:

“L'Africa Race partira
Joint au téléphone, Hubert Auriol précise que "le jugement ne porte que sur sa personne propre et ne remet pas du tout en cause le déroulement de la course". Il a décidé de se retirer de l'organisation de l'Africa Race et assure que la course aura bien lieu. Nous vous donnerons des informations plus précises rapidement...”


Ou seja:

“Africa Race vai partir
Ao telefone, Hubert Auriol disse que "a decisão de cancelamento refere a sua própria pessoa e não à organização do evento, pelo que decidiu retirar-se da Organização da África Race e assegura que a corrida vai ter lugar. Mais informações detalhadas em breve...”


Grandes FDP da ASO, nem F#$%& nem saem de cima, não utilizam as pistas Africanas para realizar o Dakar, nem deixam que mais ninguém as utilize.

Só mostram desprezo pelos pilotos e ganância pelos €€€€€. Já bastava a anulação do Dakar 2008 e o prejuízo que causou a pilotos e patrocinadores.

Eu sei que é uma utopia, mas o que eles mereciam era o boicote das provas organizadas por eles. Isto só me faz lembrar a mafiosice do futebol. Espero realmente que haja Africa Race e que seja um grande Sucesso.

Fonte: autosport.aeiou.pt , motoverte.com e nomadstrail.net

domingo, 14 de dezembro de 2008

F 650 GS – Bricolage - II

De novo com bricolage para a “Géssinha”.

Já terminei e apliquei a protecção do descanso central. A fixação ainda é provisória uma vez que foi feita com braçadeiras de plástico. Depois dos primeiros testes logo vejo se preciso alterar.





Também fiz uma protecção do reservatório de óleo do travão traseiro, que por sinal acho que ficou bem catita!!




Vamos ver o que sai a seguir...

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

F 650 GS – Bricolage - I

Aproveitei os feriados para me dedicar ao bricolage e fazer umas protecções em alumínio para a “Géssinha”.

Arranjei duas chapas de alumínio, que por sinal eram dois sinais de obra velhos, e mãos à obra.

O primeiro a sair foi o prolongamento da protecção de cárter, que pensei que ia sair mais como protecção de sujidade, mas que acabou por ter um resultado final bastante satisfatório e com alguma rigidez. Os sinais eram dos bons!







A segunda peça foi uma protecção da bomba do travão traseiro, que como é natural não tem o mesmo aspecto das de compra (nem o preço!), mas é funcional.





A próxima peça a sair vai ser a protecção do descanso central.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Waypoint Trail Challenge – Moura – Reportagem e mais fotos













No passado dia 15 de Novembro, foi com um bonito dia de sol que o Alentejo recebeu a última etapa do WTC 2008. Denominada Moura, por terras do Grande Lago, e com uma organização em parceria com o Moto Clube de Moura, foi no castelo desta cidade que se iniciou a prova com o habitual briefing e entrega das cartas. Estavam inscritos vários pilotos do Dakar, mas apenas Hélder Rodrigues esteve presente.

Depois de dada a partida, várias foram as equipas que se mantiveram a estudar as estratégias iniciando a sua prova apenas alguns minutos depois. Esta prova trazia muitas dificuldades de navegação, sendo mesmo a prova mais difícil neste campo desde o início do troféu, contrapondo com o terreno muito fácil e rolante que não trazia nenhuma dificuldade aos participantes.

Continuando no campo do terreno, este proporcionava mais uma vez, fantásticas paisagem com pontos que iam desde as famosas atalaias, abundantes na região, aos mais normais marcos geodésicos, passando por rios, planícies, vinhas e até mesmo ilhas no meio da barragem do Alqueva. Com o ponto do almoço situado num fabuloso parque de merendas junto à aldeia da Estrela, quase em cima de água, foi com um belo churrasco a cargo do Moto Clube de Moura que se encerrou a manhã. Esta pausa serviu também para as equipas redefinirem estratégias e acertarem novos rumos.

A presença de Hélder Rodrigues, com a moto com que irá estar presente em Janeiro no próximo Dakar, proporcionou momentos únicos ao colocar no terreno, lado a lado, as normais Trail com as suas irmãs mais próximas de competição.

Próximo do local do almoço, existiam dois pontos Gémeos que, pelo facto de um deles se situar numa ilha, ofereceu aos participantes momentos únicos e imagens fantásticas.Já a meio da tarde e com a chegada das equipas ao CHC (controlo horário de chegada) mais uma vez tivemos equipas que não conseguiram controlar no tempo regulamentar sendo desclassificados como o regulamento prevê. Mas nem por isso deram o seu tempo por mal empregue pois a aventura e o divertimento estavam garantidos.

Depois da chegada de todos e após a entrega dos cartões com as fotos, muitos aproveitaram a presença de Hélder Rodrigues para conhecerem algumas das suas histórias e aventuras em Marrocos e no Dakar e, desta maneira, trocarem algumas experiências.

Como já é tradição no WTC, o jantar foi uma mostra da melhor gastronomia regional, tendo depois sido anunciada a classificação geral com a equipa 39 (Os desorientados) em primeiro lugar, equipa 3 (Hingás / Bomcar) em segundo lugar e no última lugar do pódio a equipa 42 (Touratech II), sendo que os primeiros e terceiros são equipas estreantes na prova. Hélder Rodrigues ficou no quarto lugar a 1050 pontos do primeiro.

Comentários à prova:

Hélder Rodrigues – Piloto convidado

É a minha primeira prova e gostei muito, isto é outro espírito, estamos habituados a outro tipo de provas mas isto é bom, dá-te muito sentido de orientação e é bom poder andar um dia completo com esta moto. Sempre que tiver disponibilidade vou voltar.

Luís Deus – equipa Nomad´s Team Men´s in Blue (estreante)

A competição cria sempre um formigueiro, uma adrenalina, que o WTC tão bem aproveita criando uma atmosfera perfeita para o binómio convívio/competição.Assim que se inicia a prova, começamos a saborear uma liberdade, onde temos a sensação de que apenas existe o terreno, a carta e nós em busca do “El Dorado”. Cada waypoint descoberto é um desafio ultrapassado, que nos motiva e impele a percorrer mais pistas, visualizar mais paisagens deslumbrantes, comungar com a natureza em busca do desafio desconhecido. Era visível no fim a alegria de todos, desde o comum dos motards como eu, até ao piloto de competição Hélder Rodrigues que com sua pessoa engrandeceu a prova, mas principalmente o convívio.

Filipe Elias – Organização

Nesta prova, pudemos mudar completamente de paisagem em relação a todas as outras. Aliás, é uma preocupação nossa não repetir paisagens mas sempre mantendo a beleza extrema das mesmas, pois este é um ponto essencial para o sucesso destas provas. As dificuldades de navegação que as equipas encontraram foram as mesmas que nós aquando do reconhecimento dando-nos um interesse redobrado na preparação deste WTC. A ajuda do Moto Clube de Moura foi essencial e até o tempo ajudou com um fantástico fim-de-semana de sol. Tudo correu muito bem e penso que fechámos a época de 2008 do WTC da melhor forma.

Fonte:
www.nomadstrail.net e www.bmwcklt.com

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Banshee Hayabusa Turbo

Depois da Zundapp, e continuando nas grandes máquinas, aqui fica esta máquina!

Diz que é uma espécie de Banshee, com motor Hayabusa 1300cc, turbo alimentada, e como se não bastasse, com um kit NOS (nitrogénio).

Resultado desta mistura explosiva é um brinquedo com 640cv (sim, seiscentos e quarenta!!!) que pode ser visto neste vídeo: