quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Rally Fairing - XTZ 660 - Conjunto Carenagem Óticas e Torre Instrumentos

Vendo conjunto Carenagem Óticas e Torre Instrumentos – Rally Fairing.

Esteve aplicado numa XTZ 660 mas pode facilmente ser adaptado a outros modelos de moto de enduro e trail. Ideal para quem quer um “look rally raid” e uma boa proteção aerodinâmica e dos instrumentos de navegação/GPS.

Carenagem totalmente em fibra, em muito bom estado, muito leve.

Óticas com parte frontal em vidro.


Torre em inox e alumínio, parafusos sextavados interiores, facilmente adaptável.

280€















Yamaha, KTM, Honda, Suzuki, Kawasaki, Husqvarna, AJP, BMW, XR, DR, CR, CRF, YZ, WR, RM, RMZ, EX, EXC, KX, KLX, KFX, PR5, TT, GS, XT, XTZ, Adventure, XTZ, Dominator, Africa Twin, Ténéré, Enduro, Rally Raid, Dakar, Navegação, Baja, R3R, Boano

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Extrememadura III

Fazer outra viagem sem ter a “crónica” da anterior terminada é bom sinal!

O dia previa chuva e não falhou. A saída de Placência foi debaixo de chuva e mesmo a entrada no parque  nacional de Monfrague e Salto del Gitano teve os seus períodos de chuva miudinha, mas o pior foi mesmo a chegada a Trujillo, que não deu tréguas e parecia que estava a cair um rio dos céus. Mesmo assim deu para apreciar a beleza quer do parque, quer de Trujillo, mas sem a chuva tinha sido outra coisa.

Siga para Mérida e eis que uma manhã de chuva deu lugar a uma bela tarde de sol, o tempo tem destas coisas. Bora então conhecer Mérida que tem muito para visitar e deslumbrar.

No dia seguinte continuou o bom tempo e deu mais Mérida até decidirmos que era hora de nos encaminharmos para casa…

























quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Extrememadura II

Saída de Hervás com o primeiro passo em falso, mas lá demos com o caminho até Granadilla. Faz lembrar Monsaraz, mas com vista sobre a albufeira da barragem de Gabriel e Galan.

Granadilla teve uma história mais trágica, e a recuperação das casas e de alguns habitantes para elas teve que ser apoiado por um projeto. De resto tem muita história e uma bela vista!

Seguiu-se um retorno de passagem a Hervás para apanhar a CC102 para passarmos ao Puerto de Honduras e eis que ao começar a descer estamos em pleno Vale del Jerte.

O Vale del Jerte caracteriza-se pela plantação de cerejeiras que são um expoente da região. A famosa Cereja de Cáceres, normalmente vem desta zona e se o vale é mais bonito com as cerejeiras em flor, nesta altura é mais saboroso, pois basta encostar em quase todas as estradas e “provar” as cerejas.

Outra das características da zona são as cascatas e os pequenos vales verdejantes, e deu para visitar alguns desses locais.

No final do Vale del Jerte e eis que chegamos a Placencia, e eis que mais uma feliz coincidência, era o fim-se-semana da Vespaniada e havia vespas de todos os tipos e por todo o lado, e com muitas matrículas portuguesas à mistura.
Jantar e conhecer a parte antiga da cidade, muito bonita e monumental, e toca a descansar que amanhã é dia de passear.